Notícias

Eventos com horário ampliado hoje


O governo de Pernambuco anunciou, ontem, novas flexibilizações no Plano de Convivência com a Covid-19, que passam a valer já a partir hoje, em todo o Estado. As mudanças atingem desde os estádios de futebol até eventos culturais e sociais.

De acordo com o governo o aumento de público nos estádios de futebol será de até 15% da capacidade do local (Leia detalhes na página 20). Além disso, os eventos culturais, sociais e corporativos, bares e restaurantes, clubes sociais, cinemas, teatros, circos, colações de grau, aulas da saudade e cultos ecumênicos poderão funcionar até às 2h da manhã, ou seja, uma hora a mais que o tempo atual. Os eventos culturais, shows e bailes passam a ter duração de até oito horas seguidas.

A secretária executiva de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Ana Paula Vilaça, frisou que permanece necessário o controle seguro do esquema vacinal para algumas atividades. Segundo ela, os shows continuam com a capacidade máxima de 2,5 mil pessoas ou 50% do local, o que for menor. O evento deve ser no formato de mesas e cadeiras, e o uso da máscara continua obrigatório.

"A flexibilização não abrange área para dança, mas é permitido ficar em pé, utilizando a máscara", reforçou Ana Paula. Em novembro, dependendo dos números da saúde, o público pode passar para cinco mil pessoas ou 50% da capacidade, o que for menor.

Os eventos corporativos, as colações de grau, as aulas da saudade e os cultos ecumênicos permanecem com capacidade máxima de 2,5 mil presentes ou 80% do local, o que for menor. Cinemas, teatros e circos seguem a mesma regra. Já a capacidade máxima dos eventos sociais/buffet permanece em 2,5 mil presentes ou 50% do local, o que for menor.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, destacou que os avanços e flexibilizações previstos no Plano de Convivência estão atrelados, diretamente, à adesão da sociedade ao processo de vacinação.

"O governo de Pernambuco vai continuar centrado na ciência e não iremos adotar medidas que possam colocar a vida dos pernambucanos em risco. Só poderemos retomar integralmente as atividades quando a maioria da nossa população estiver vacinada e com ciclo vacinal completo", reforçou.

Pernambuco está com pouco 52% da população com o esquema vacinal completo contra a covid-19 e com números da pandemia em estabilidade.

Dia para atualizar vacinação infantil

 

O secretário estadual de Saúde, André Longo, convocou a população para participar, amanhã, do Dia D da Campanha de Multivacinação para atualização da caderneta de vacinação. O Estado permanece com baixas coberturas vacinais para as imunizações ofertadas no calendário de rotina dos postos de saúde, como poliomielite, BCG, pentavalente, tríplice viral, varicela, hepatite A, entre outras.

"Estamos preocupados com a baixíssima cobertura das vacinas para este público. Muitas das doenças que são evitáveis por esses imunizantes são ainda mais graves para as crianças do que a covid-19. Com as atuais coberturas, todos, mas especialmente as crianças, estão correndo perigo. É cada vez mais latente o risco do retorno de doenças que estavam erradicadas ou com baixa ocorrência", enfatizou André Longo.

Amanhã, pais, mães ou responsáveis por crianças e adolescentes menores de 15 anos devem se dirigir aos mais de 2,4 mil postos de vacinação espalhados pelo Estado.

"Para revertermos a situação e protegermos nossas crianças precisamos que vocês, pais, mães ou responsáveis compareçam ao posto de vacinação mais próximo para que um profissional de saúde faça a análise do cartão e, se necessário, aplique as doses em atraso. O acesso às vacinas é um direito de todas as crianças e adolescentes", finalizou o secretário.

"Os municípios devem elaborar estratégias que possibilitem o acesso desse público-alvo de maneira efetiva e rápida. Alternativas podem ser criadas, como a abertura de postos de saúde ou pontos de vacinação nos fins de semana, e até mesmo ir às escolas realizar a imunização no local", afirmou a superintendente de Imunizações do Estado, Ana Catarina de Melo.

Fonte: Jornal do Commercio



« Voltar